Home / Movimento / Sobre cuidar de você: a revolução da comida
Comida de verdade para cuidar de você

Sobre cuidar de você: a revolução da comida

Quando você muda a forma como se alimenta, tudo se transforma. Não importa muito como começou essa mudança; se está aqui lendo este post sobre cuidar de você é porque algo aí dentro começou a mudar. 

No meu caso, foi a alimentação que me fez olhar para dentro e começar essa revolução interior. No começo, foi pelos bichos. Não achei (e não acho) justo o que fazemos com eles. Mas, foi tão bom para meu corpo e meu bem-estar que eu nunca mais senti vontade de comer nada animal. Sério.

E olha que eu sempre fui boa de prato. Sem frescura e sem restrições. E sempre dizia que "não, não consigo parar de comer carne". "Nossa, queijo? Amo queijo". Mas, são frases tão limitantes ... e se limitar é um erro. Escolha bem suas palavras, seus pensamentos -- pensamentos criam a realidade. 

Para alguns, leva mais tempo. Para outros, é mais rápido. Mas, se começou a olhar para dentro, uma hora ou outra vai analisar a forma como se alimenta. E, como tudo isso se relaciona vai fazer muita coisa mudar aí...

Cuidar de você começa assim. Entender que a comida é o principal combustível e o que escolhemos para abastecer o corpo diz muito sobre quem somos. É neste momento, bem aí nesse pensamento, que dá aquele PLIM na mente... 

Você se importa com o que causa de impacto no ambiente? Nos outros? Na sociedade? Cuidar de si mesmo tem bastante a ver com cuidar melhor do mundo em que vivemos. No meu caso, foi a alimentação que transformou tudo. De dentro pra fora; mal sabia eu que iria transformar tudo ao meu redor.

Não, não é só na carne que está a proteína. E consumir leite e seus derivados inflama nosso organismo - aliás, não precisamos do leite da vaca pra nada; sério. 

Entre outras TANTAS verdades que vamos descobrindo com o próprio corpo e com a informação. A ignorância e a desinformação costumam ser boas desculpas para não fazer nada.

Comida que cura

A comida é muito mais do que contar calorias e somar proteínas com carboidratos e gorduras - ela “conversa” com os genes e pode até mudar seu DNA. Muda aqui, aprende ali e as mudanças físicas, espirituais, mentais começam.

De repente você está com mais energia, menos estressado, mais magro, mais saudável, mais feliz, até seu cheiro é melhor -- mas, como pode?

Comida é remédio, cura, reconexão.

Não acredita em nada disso? Tudo bem também, cada um tem um rolê e aprendi a respeitar que cada um vai achar o seu próprio caminho. 

Como começar a cuidar de você

Mas, se quer começar... vem cá. 

Vamos começar pela comida. Comer alimentos naturais, locais, orgânicos, sazonais e deliciosos. Vamos lidar com os alimentos com as nossas próprias mãos, e não deixar a sua produção apenas nas mãos das corporações, das indústrias e do mercado. Descubra de onde vem e quem cozinha sua comida.  Valorize os produtos, alimentos e negócios próximos de você. 

Logo irá se preocupar com as horas de sono que tem. Com o lugar que você mora. Com o emprego que tem hoje. Vai sentir a necessidade de se movimentar, de fazer exercícios físicos para que seu corpo funcione melhor. De silenciar. De aprender a meditar. 

Como uma onda, uma espiral, um movimento, a alimentação te vira do avesso.

Para ser mais feliz. E naturalmente, pelo exemplo, você vai começar a mudar tudo a seu redor. “Primeiro a gente muda a nossa alimentação. Depois nossa alimentação muda a gente”.